Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
KnoX

Motores Turbo Voltam À F1 Em 2014, Ecclestone Não Queria

Recommended Posts

A menos de 18 meses do início de uma nova era da Fórmula 1, Bernie Ecclestone declarou que a mudança para os motores V6 turbo deveria ser adiada ou descartada. As declarações foram feitas ao jornal Hindustan Times, e aparentemente Bernie tem apoio de partes importantes da categoria.

A volta dos motores turbo à Fórmula 1 está programada para a temporada de 2014, depois de ter sido adiada em um ano. Jean Todt, o presidente da FIA, prometeu que não haverá outro adiamento, mas Bernie sugeriu que Todt talvez mude de opinião. Acho que entendi o que ele quer dizer.

A oposição de Ecclestone os turbinados se deve mais ao ronco pouco apelativo dos motores, do que ao custo de desenvolvimento (lembre-se, ele sempre foi um car guy), conforme declarou ao jornal indiano:

“Ouvi o som dos motores em Maranello outro dia, o novo motor e o velho motor, e até Luca di Montezemolo disse que soava terrível e que não havia gostado”

Bernie também disse que Luca sugeriu o adiamento por dois ou três anos, mas o britânico acha que o mais sensato seria descartar a mudança e continuar com os atuais V8 aspirados, que será mais barato que desenvolver os novos V6 turbo, pois as equipes continuarão e investir no desenvolvimento durante o período de adiamento.

O gerente do GP da Austrália, Ron Walker, também apoia Ecclestone, dizendo que “os circuitos ficarão horrorizados com os novos motores, principalmente por que não há garantias de que o som será o mesmo”, mas salienta que o custo de desenvolvimento também é um grande empecilho.

Bernie tem razão ao se preocupar com o som dos motores, afinal, são um dos grandes atrativos das corridas de carros. Seria uma manobra arriscada demais apostar em motores “menos emocionantes” depois de finalmente conseguir recuperar a atratividade da categoria com os novos pneus, as asas móveis, e o congelamento dos motores que tornou as equipes mais competitivas entre si. Mas se querem saber nossa opinião, gostávamos mesmo dos V10 e V12 da década de 90 – motores imbatíveis em termos de espetáculo sonoro.

Fonte: http://www.jalopnik.com.br/bernie-ecclestone-nao-quer-mais-motores-turbo-na-formula-1/

-------------------------------------------------------------------------------------

Puts, será que o ronco ficou TÃO ruim assim?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A categoria ja é muito cara, vai ficar mais cara ainda. Montadoras sequer querem saber de voltar a apoiar, a não ser vender motor. Quero ver quem terá patrocínio pra bancar a f-1 daqui pra frente.

A f-1 não é mais laboratório pras montadoras á muito tempo, eles precisam parar com isso, se voltar pro lado do esporte e pro publico, pois esse ultimo é que trás o interesse dos patrocínadores.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Resumindo: se não vai sair Ferrari V6 turbo a F1 não vai ter motor V6 turbo!

Vai acabar ficando no V8 pra agradar a Ferrari e fim de papo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Podia colocar um V10 turbo hehehhehe. Aí a gente ia ver quem é piloto de verdade pra segurar o monstro.

Deviam mesmo é colocar uns 1.0 bombados brazucas!!!! hauahauahuahauahauhu

Só eu que perdi interesse na F1?

Não assisti quase nada das provas desse ano, sempre acabo mudando de canal ou dormindo logo no inicio da corrida... kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deviam mesmo é colocar uns 1.0 bombados brazucas!!!! hauahauahuahauahauhu

Só eu que perdi interesse na F1?

Não assisti quase nada das provas desse ano, sempre acabo mudando de canal ou dormindo logo no inicio da corrida... kkkk

Eu não assisti nenhuma corrida inteira, ou estou dormindo ou então fazendo alguma outra coisa que nem me lembro da f1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alguem explica pq estão aumentando os custos com esses novos motores se até pouco tempo eu ouvia que havia um esforço para DIMINUIR os custos para manter um maior numero de equipes disputando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alguem explica pq estão aumentando os custos com esses novos motores se até pouco tempo eu ouvia que havia um esforço para DIMINUIR os custos para manter um maior numero de equipes disputando.

É um maior gasto de início, mas depois de estabelecidos espera-se que se reduza o consumo e as emissões. É a "ecoF1".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Entre para seguir isso  

×