Ir para conteúdo
Lanpenn

Longa Duração: o desmonte do Fiat Mobi

Recommended Posts

Ainda sonho que um dia farão um longa duração de 200 000 Km, nem precisa ser pela Quatro Rodas... eu vejo que eles estão perdendo audiência (e/ou simplesmente desesperados) porque agora estão até cobrando para acessar o conteúdo do site deles depois de um certo número de acessos (dá para desbloquear com algum bloqueador de plugin), mesmo que você habilite os anúncios. 

Editado por Lanpenn

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 18/10/2017 at 12:15, luizfernandotbo disse:

Então o cara só pegou concessionária pilantra, só pegou estrada ruim e só usou gasolina batizada? Desculpe, em parte a culpa pode ser desses fatores,  mas o carro é realmente frágil e é cultural da FIAT oferecer produtos desse tipo.

E ele não é o único carro, nem a unica montadora. Se fossemos fazer esse desmonte e todos os carros "premium" descobriríamos muitas surpresas também.  

 

Em 18/10/2017 at 12:44, DavidSkruz disse:

Na verdade UMA das diversas peças de plástico que deram problemas foi danificada na concessionária. As demais... 

Se a qualidade da gasolina é ruim, é ruim pra todos os carros, mas o desempenho deste foi muito pior que os outros.

O mesmo vale pro rolamento.

Mas os testes foram feitos com etanol...

 

Só recentemente passaram a rodar só com gasolina nos testes de longa duração, o que acho um erro.. se o carro é flex deveriam rodar um tanto com gasolina e outro com etanol, pra medir consumo com os 2.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, The Mole disse:

 

Mas os testes foram feitos com etanol...

 

Na reportagem diz que "As válvulas de admissão estavam com acúmulo de carvão, mas a do cilindro 4 foi a mais atingida – veja abaixo o porquê. O material liso e brilhante, como um caramelo, é típico de gasolina mal queimada, bem diferente do carvão mais seco e quebradiço formado a partir do etanol, único combustível que alimentou o Mobi.

A culpa, então, recaiu sobre a injeção de gasolina do sistema de partida a frio." e isso também afetou as velas. a gasolina veio daí e não do tanque de combustiveis

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×