Ir para conteúdo
MIS

Peugeot 3008

Recommended Posts

Gosto dos carros da Peugeot. Na grande maioria, possuem bons desenhos, acabamentos e equipamentos. Uma pena o brasileiro ter tanto preconceito por ela. Minha mãe andou em um 2008 e se apaixonou, porém não deixei ela comprar pela alta desvalorização e dificuldade de revenda no futuro. Sim, fui preconceituoso também, mas dinheiro não dá em árvore pra sair torrando à toa. Quem sabe um usado daqui algum tempo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, mongeee disse:

Gosto dos carros da Peugeot. Na grande maioria, possuem bons desenhos, acabamentos e equipamentos. Uma pena o brasileiro ter tanto preconceito por ela. Minha mãe andou em um 2008 e se apaixonou, porém não deixei ela comprar pela alta desvalorização e dificuldade de revenda no futuro. Sim, fui preconceituoso também, mas dinheiro não dá em árvore pra sair torrando à toa. Quem sabe um usado daqui algum tempo.

A linha 208/2008 tem desvalorizado pouco, na média dos concorrentes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho um 3008 Griffe 2012, e anunciei há 2 meses. Só uma pessoa realmente interessada em comprar até agora. Fiquei chateado, pois nem quero vender na verdade (é porque preciso da grana), o carro está com 79 mil km sem um barulho dentro, faz 10km/l na cidade, o motor é só alegria, manutenção básica apenas, e o carro é um baita luxo e conforto que não se vê por aí.

Uma pena brasileiro ser tão cretino em algumas escolhas. Anunciei também o Sorento da patroa pra ela ficar com o 3008, vou ficar mais feliz com ele em casa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, mongeee disse:

Gosto dos carros da Peugeot. Na grande maioria, possuem bons desenhos, acabamentos e equipamentos. Uma pena o brasileiro ter tanto preconceito por ela. Minha mãe andou em um 2008 e se apaixonou, porém não deixei ela comprar pela alta desvalorização e dificuldade de revenda no futuro. Sim, fui preconceituoso também, mas dinheiro não dá em árvore pra sair torrando à toa. Quem sabe um usado daqui algum tempo.

O próprio preconceito do brasileiro gera essa desvalorização, a lei da oferta e da demanda influencia na desvalorização e custo de manutenção. Como não há o mesmo volume de pugs nas ruas que o de Volks, consequentemente as CSS também ficam com menos servico, e a cada prestação de servico querem sugar o máximo possivel do cliente para manter sua margem de lucro e rentabilidade (já deixo claro que tem gente honesta e gente picareta em todas as áreas). E por aí vai esse circulo vicioso de preconceito e pós venda ineficiente.

 

Muitos carros franceses também vem com mais tecnologia embarcada que o verificado nas montadoras "grandes". Por isso, não é qualquer "mexânico" de esquina que consegue fazer a manutenção de forma eficiente, ai vem o problema da confiabilidade dos carros. Quem tem qualificação para tal certamente vai cobrar mais caro, somado ao velho jeitinho brasileiro de querer fazer tudo meia-boca. Pronto, a merda está feita.

 

A cereja do bolo é a seguinte frase que leio em todos os comentários de noticias automotivas de vários sites: "Toyota é Toyota", maldita frase que faz o pobre e ignorante consumidor pagar a mais o valor de um carro popular para ter um carro menos completo e muitas vezes inferior como o Vovorolla (claro que também tem suas qualidades).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Novo Peugeot 3008 chega como SUV por R$ 135.900

20/06/2017 | http://carplace.uol.com.br/novo-peugeot-3008-chega-como-suv-por-r-135-900/

?dc=5550003220;ord=1498001061756

IMG_1171.jpg

A Peugeot já tinha falado durante o Salão de São Paulo que iria trazer a nova geração do 3008. Deixando de lado o jeito minivan de ser e assumindo um DNA de SUV médio, ele volta ao Brasil de vez em versão única, completa, e custando R$ 135.900. Ele é o segundo modelo no Brasil a usar a plataforma EMP2, até então exclusiva do Citroën C4 Picasso.

De olho no público do Hyundai New Tucson e Jeep Renegade, o 3008 traz um pacote agressivo de equipamentos na sua versão única, a Griffé THP, traz itens como rodas de 19″, teto-solar panorâmico (com abertura), faróis de LED com luzes diurnas, ar-condicionado de duas zonas, controles de tração e estabilidade, seis airbags e mais. A parte mecânica fica com o conhecido 1.6 THP, o motor turbo com 165 cv e 24 kgfm de torque, e câmbio automático de seis marchas. A tração é apenas dianteira.

  Peugeot 3008 - Lançamento                                                                          Peugeot 3008 - Lançamento

Por dentro, o mesmo conceito do 208 com o i-cockpit (em uma evolução), que mostra o painel em posição elevada e volante de menor diâmetro, com a diferença que o 3008 usa uma tela de 12,3″ configurável como instrumentação e mais uma tela de 8″ para o sistema multimídia com espelhamento de smartphones via Mirror Link, Apple CarPlay e Android Auto e controle de outras funções do carro. Há também o carregador por indução para celulares compatíveis.

Na dianteira, bancos elétricos com massageadores. A iluminação do ambiente pode ser configurada conforme a preferência, e os botões acompanham um estilo diferenciado (inspirados em um piano) no painel, assim como a alavanca do câmbio. Os primeiros 30 compradores levarão um patinete elétrico, o e-Kick, junto com o carro. A pré-venda começa hoje com 50 carros.

Traremos impressões ao dirigir em breve.

Pós-vendas

A Peugeot aproveitou o evento para anunciar mudanças no seu pós-vendas, um dos pontos negativos no histórico da marca. Uma série de regras foram impostas para a rede de concessionárias, como atendimento das revisões em até 24 horas, controle de qualidade de todos os carros que passarem por oficina e entrega na data e horários combinados, entre outros. Há garantia de reboque gratuito por 8 anos e carro reserva (da marca) para reparos com mais de 4 dias, mesmo quando fora da garantia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

PEUGEOT LANÇA NOVO 3008 COM PREÇO A PARTIR DE R$ 135.990

O valor após o lançamento será de R$ 139.990 e o os primeiros compradores ganharão um patinete elétrico

20/06/2017 20h00 - atualizado às 20h00 em 20/06/2017 - http://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2017/06/peugeot-lanca-novo-3008-com-preco-partir-de-r-135990.html

Branco faz parte das quatro opções de cores do novo 3008 no Brasil (Foto: Divulgação)
Branco faz parte das quatro opções de cores do novo 3008 no Brasil (Foto: Divulgação)

A Peugeot acaba de apresentar a segunda geração do 3008, que desembarca no Brasil vindo da França pelo valor promocional de R$ 135.990. O preço vale para a pré-venda, depois disso, o francês passará a ser vendido pela tabela de R$ 139.990. O crossover chega apenas na versão Griffe, sempre equipada com o conhecido 1.6 THP.

Equipado com turbo e injeção direta, o propulsor não foi convertido a flex - como acontece com outros importados da linha PSA Peugeot Citroën. Com isso, ele rende oito cavalos a menos de potência, são 165 cv e os mesmos 24,5 kgfm de torque a 1.400 rpm. Ele vem sempre associado ao câmbio automático de seis marchas com trocas sequenciais na alavanca ou por borboletas no volante, conjunto capaz de leva-lo de zero a 100 km/h em 8,9 segundos e aos 206 km/h de velocidade máxima (dados oficiais).

Lanternas são envolvidas por moldura plástica e ganham efeito tridimensional  (Foto: Divulgação)
Lanternas são envolvidas por moldura plástica e ganham efeito tridimensional (Foto: Divulgação)

Os primeiros 30 compradores terão outra vantagem: eles ganharão o e-Kick, um patinete elétrico dobrável com 12 km de autonomia e velocidade máxima de 25 km/h. Pode ser uma forma de se deslocar do local onde você parou o carro até o seu destino final. É um acessório que não será vendido posteriormente, segundo a Peugeot.

Itens de série

Sem opcionais, o 3008 Griffe tem alguns itens que o destacam no segmento. O quadro de instrumentos digital tem uma tela de 12,3 polegadas configurável e foi batizado como i-Cockpit 2.0, uma geração à frente do i-Cockpit aplicado nos Peugeot nacionais (208 e 2008). A tela é complementada pela central multimídia de oito polegadas, compatível com Apple CarPlay e Android Auto. Ali, você pode comandar as funções de ventilação, navegação e som, todas também acionadas por interruptores no painel.

Além disso, ele vem com bancos dianteiros elétricos com massageadores. São oito bolsas de ar capazes de reproduzir cinco programas: patas de gato, onda, costas inteiras, lombar e ombros. O recurso funciona durante seis minutos seguidos e descansa por três, tudo para não relaxar demais os ocupantes.

Peugeot 3008 2017 (Foto: Divulgação)
Peugeot 3008 2017 (Foto: Divulgação)

O 3008 Griffe vem ainda com ar-condicionado digital duas zonas, direção elétrica, faróis de leds direcionais (incluindo os de neblina), sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, entrada e partida sem chave, teto solar elétrico (não é mais fixo como antes), bancos dianteiros com aquecimento, carregador de celular por indução, iluminação ambiente, revestimento de couro e rodas aro 19 calçadas em pneus 235/50. Em segurança, são de série seis airbags (frontais, laterais dianteiros e do tipo cortina), além de controles eletrônicos de estabilidade e de tração. São quatro cores, três metálicas (cobre, cinza e preta) e uma perolizada (branca).

Para ser competitivo, ficaram de fora o park assist, câmera 360 graus, alerta de distância do carro à frente e sensor de ponto cego, além do Allgrip, programa de gerenciamento da tração dianteira presente no 2008 Griffe THP. Seria algo útil em trilhas leves. Faz falta também o recurso auto hold no freio eletrônico.

Patinete elétrico e-Kick é dobrável e serve para pequenos deslocamentos (Foto: Divulgação)
Patinete elétrico e-Kick é dobrável e serve para pequenos deslocamentos (Foto: Divulgação)

Por outro lado, a Peugeot também está implementando o Total Care, uma série de compromissos que aperfeiçoaram os serviços prestados pelas suas concessionárias. O objetivo é desfazer alguns preconceitos contra os franceses. Entre os serviços oferecidos, o mais interessante é o reboque gratuito por oito anos em caso de pane ou colisão. Outros dizem respeito aos processos e garantem um controle de qualidade maior, transparência nas revisões de preço fixo, revisões de até 24 horas, entre outros.

Rivais diretos

O fabricante elenca entre os rivais os modelos Volkswagen Tiguan 1.4 TSI, Hyundai New Tucson 1.6 turbo e Kia Sportage 2.0. O valor pedido na pré-venda deixa o 3008 pouco abaixo do New Tucson GL de entrada (R$ 138.900) e do Sportage EX top de linha (R$ 139.990), embora o Kia tenha versão de acesso LX cotada a R$ 112.990.

Já o Tiguan 1.4 TSI parte de R$ 128.270, mas chega a R$ 143.470 com o teto solar opcional (R$ 7.025) e o pacote Elegance (R$ 6.037), que engloba ar digital de duas zonas, partida sem chave, câmera traseira, espelhos retrovisores rebatíveis, iluminação ambiente, rodas aro 18 com pneus 235/50, sensores de chuva e de luz, multimídia Discover Media touchscreen e volante multifuncional revestido de couro. Nenhum deles oferece tração 4X4.

Estilo e base novos

O visual antecipa em parte o facelift que será aplicado no menor 2008 a partir de 2018. O 3008 se destaca pelo estilo mais SUV do que antes, especialmente em detalhes como a grade vertical tridimensional, o capô longo e a linha de cintura bem alta.

A plataforma EMP2 é modular como a MQB da Volkswagen e estreia nos Peugeot vendidos no Brasil – ela só era aplicada pela PSA nos Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso. De acordo com a Peugeot, o peso da base é cerca de 100 kg menor, embora o novo 3008 Griffe com quase tudo que tem direito chegue a 1.567 kg, contra 1.480 kg do anterior.

Além de uma maior liberdade em estilo, a nova arquitetura permitiu ampliar bem as dimensões. O comprimento de 4,48 metros é oito centímetros maior, enquanto o entre-eixos de 2,67 m representa um incremento de 6,2 cm. O porta-malas leva 521 litros declarados, no que ajuda o estepe de emergência (135/80 R18).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, esse carro está muito bonito e o interior é incrível.

Mas o foda é pagar 140.000 em um Peugeot... tem aquela história da desvalorização acentuada, rede de concessionárias que deixa a desejar... etc.

E a matéria diz que vem pra brigar com Hyundai New Tuscon e Jeep Renegade, mas pelo preço está mais para brigar com Jeep Compass... aí eu acho difícil de emplacar, pois tem muito carro bom nesse preço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×