Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'volkswagen'.



More search options

  • Search By Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Search By Author

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Principal
    • Fórum Carros
    • Qual Carro Comprar?
    • Carros com isenção de IPI, ICMS, IOF e IPVA
    • Mecânica, Preparação e Manutenção
    • Conservação e Limpeza
  • Hobbye
    • Som Automotivo
    • Automobilismo
    • Fotos e Vídeos
  • Encontros e Eventos
    • Encontros e Eventos
  • Diversos
    • Suporte, críticas, sugestões e reclamações
    • Off-Topic
  • Classificados
    • Veículos
    • Peças e Acessórios
    • Diversos
  • Regras de Uso
    • Geral
    • Placa Preta
    • Classificados

Encontrado 14 registros

  1. Guia de Usados: Volkswagen Golf (7ª geração) Bonito, seguro, bem equipado e gostoso de dirigir: o hatch alemão continua sendo a referência no segmento dos médios Por Felipe Bitu access_time17 nov 2017, 15h45 Alemão em 2013, o Golf virou nacional três anos depois (João Mantovani/Quatro Rodas) Os hatches médios podem até ter saído de moda, mas o VW Golf – apesar de ter a produção ameaçada [nota do Lanpenn: tira de linha e volta então para o mexicano ou o alemão] – continua sendo uma ótima opção para quem busca um carro confortável, bem construído e com dirigibilidade suave e esportiva. Importado da Alemanha em 2013, a sétima geração sacudiu o segmento nas versões Highline (1.4 de 140 cv) e GTI (2.0 de 220 cv), ambas turbinadas, com injeção direta e câmbio automatizado DSG de dupla embreagem (7 marchas na Highline e 6 na GTI). Mais barata, a Highline oferecia ainda um câmbio manual de 6 marchas. Destaque em todos era a suspensão traseira multilink, que melhorou muito a precisão e resposta dinâmica do Golf sem comprometer o conforto. O generoso pacote de itens de série incluía ar bizona, ESP, freio de mão elétrico com Auto Hold e piloto automático. Com airbags frontais, laterais, de cortina e para joelhos do motorista, ele foi o primeiro a receber 5 estrelas (adultos e crianças) no Latin NCAP. A Highline tinha três pacotes: Elegance (navegação, chave presencial e roda de aro 17), Exclusive (couro, xenônio e DRL de leds) e Premium (banco do motorista elétrico e detector de cansaço). Com 116/125 cv, o 1.0 TSI anda mais que o 1.6 MSI (João Mantovani/Quatro Rodas) Havia ainda teto solar para Highline e GTI. Meses depois, veio a versão Comfortline, com ar convencional e sem piloto nem DRL. O primeiro downgrade do Golf foi na linha 2015, vinda do México: perdeu o freio elétrico. Em 2016, ele era fabricado no Brasil, com mais perdas. A Comfortline ganhou o 1.6 MSI (recém descontinuado) flex e aspirado, de 110/120 cv, com perda sensível de torque. A Highline manteve o 1.4 TSI, que virou flex e subiu a 150 cv. Ambas perdiam o câmbio DSG e o multilink, substituídos por um automático convencional de 6 marchas e pelo eixo de torção. Só a GTI não mudou. Mas o acabamento interno do Golf continuou superior ao dos rivais. Evite a Comfortline 1.6 MSI: a linha 2017 trouxe um 1.0 TSI mais potente e econômico, desde que o dono não se incomode com o câmbio manual de 6 marchas. A única coisa que destoa no Golf é o atendimento da rede: abaixo do exigido pelo carro, como mostrou nosso teste de Longa Duração. Onde o bicho pega Câmbio DSG não demonstra problemas crônicos (João Mantovani/Quatro Rodas) Transmissão – Apesar do ruído elevado, o câmbio DSG não tem problemas crônicos desde que não tenha sido submetido a mau uso. Na dúvida, consulte um especialista. Pneus – Procure por bolhas nos modelos equipados com rodas de 17 polegadas. O desgaste irregular pode indicar problemas de alinhamento. Os Golf com suspensão multilink também exigem alinhamento do eixo traseiro. Teto solar – Verifique se ele abre e fecha suave e silenciosamente. Estalos e trancos são indícios de sujeira ou lubrificação incorreta no mecanismo dos trilhos. Sinais de oxidação e mofo no forro do teto indicam provável infiltração de água. Recall 1 – Uma falha na bomba de combustível dos modelos produzidos entre dezembro de 2013 e maio de 2014 pode fazer com que o motor não dê a partida ou desligue em movimento, com risco de acidente. O recall engloba as unidades com chassis de EW215493 a EW400754. Recall 2 – No GTI foi constatada falha na vedação da galeria de combustível, defeito que pode provocar incêndio devido ao vazamento de combustível. A convocação abrange o modelo 2015 com chassis de FM031273 a FM049246. A voz do dono Nome: Gustavo Pulita Idade: 37 anos Profissão: gerente financeiro Cidade: Caxias do Sul (RS) O que eu adoro – “O acabamento é excepcional: o interior não faz barulho mesmo após anos de uso. Ótimo desempenho e uma dirigibilidade excelente: gostoso de dirigir, tem suspensão macia na medida certa e ótima em curvas.” O que eu odeio – “A rede autorizada costuma não dar manutenção adequada, forçando o cliente a retornar várias vezes para resolver o mesmo problema. Sem dúvida é necessário mais treinamento específico sobre o produto.” Nós dissemos Fevereiro do ano passado fizemos um comparativo envolvendo o Golf (Acervo) Fevereiro de 2016 – “Ao volante, o motor 1.6 não desaponta, apesar de não ter a mesma vitalidade do 1.4 TSI. Garante respostas imediatas ao acelerador e potência suficiente para ultrapassagens, mesmo em altas velocidades (…). Mas a sensação de menor agilidade se dá principalmente pela falta do turbo.” PREÇO MÉDIO DOS USADOS (FIPE) Modelo 2014 2015 2016 2017 Comfortline 1.4 TSI manual R$ 61.865 R$ 67.971 – – Comfortline 1.4 TSI DSG R$ 64.545 R$ 68.381 – – Comfortline 1.6 MSI manual – – R$ 68.581 – Comfortline 1.6 MSI automático – – R$ 74.855 – Comfortline 1.0 TSI manual – – – R$ 67.130 Highline 1.4 TSI DSG R$ 69.451 R$ 69.928 – – Highline 1.4 TSI automático – – R$ 91.872 R$ 97.073 Highline 1.4 TSI manual R$ 66.406 R$ 69.928 R$ 90.952 R$ 94.325 GTI 2.0 TSI DSG R$ 92.864 R$ 100.253 R$ 119.007 R$ 123.798 Preço das peças Peças Original Paralelo Para-choque (dianteiro) R$ 1.526 R$ 2.800 Farol completo (cada um) R$ 1.763 R$ 1.500 Pastilhas de freio (par dianteiro) R$ 696 R$ 210 Disco de freio (par dianteiro) R$ 3.184 R$ 420 Amortecedores R$ 5.260 R$ 2.400 Kit de embreagem R$ 3.184 R$ 4.000 Pense também em um… Ford Focus (3ª geração): Ford Focus 1.6S de 3ª geração (Acervo/Quatro Rodas) Apresentado em 2013, o Focus vem bem equipado desde as versões mais simples e tem suspensões com acerto mais rígido que o do Golf, além de uma direção mais firme e direta. Esse perfil mais esportivo combina bem com o motor 1.6 flex de 131/135 cv e melhor ainda com 2.0 de injeção direta, com 175/178 cv. Deixe sua opinião abaixo! O link pode ser conferido aqui. Eu compraria o modelo mexicano ou alemão com transmissão manual. Por evidência anedótica o marido de minha prima teve de fazer um reparo na transmissão do dele (na garantia eu creio), que era um Highline alemão.
  2. Opções de carro usado até 35k

    Olá a todos, Este é meu primeiro tópico neste fórum e, dentre vários usuários, também estou em dúvida sobre qual carro usado/seminovo comprar até a faixa de 35k. Cheguei a dois modelos basicamente: o VW Fox manual 2015 Comfortline e o Honda Fit Automático EX 2012, mas estou aberto a sugestões de outros modelos/fabricantes e por isso seguem informações no questionário abaixo: - Qual o valor máximo pretendido? 35k - Existe limite de idade para o carro/modelo? Que não seja superior a 5 ou 6 anos (desde que bem conservado, obviamente... rs). - Precisa de espaço (tipo casado com dois filhos e cachorro) ou isso não é problema (tipo solteiro que nem viaja muito)? Sou solteiro mas tenho 1m83 de altura, portanto necessito de bom espaço interno. Além do mais tenho familiares, amigos, colegas etc., para quem possivelmente darei carona (por isso tem de ser 4 portas). Quanto ao porta-malas, mesmo o Fox já me atenderia bem pois não sou de fazer viagens longas e carregar tralhas, só eventualmente. - Existe limite mínimo de potência (pode ser 1.0, não pode ser menor que 1.6, ter pelo menos 120cv, essas coisas)? Não descarto 1.0, talvez dê conta pois a região é plana com poucos aclives, mas quero ter bom desempenho. Se for o Fox é 1.6 com certeza. - Preferência por algum tipo de carro em específico (sedã, hatch, perua, picape)? Hatch pelo preço mencionado. Porém, se houver algum sedã que se encaixe nessas condições, poderei levar em consideração. - Qual o uso principal do carro (trabalho, viagem, ir pro shopping, ir pra balada..)? Trabalho e passeios no fim de semana (viagens não muito longas). - Existe preocupação com seguro, manutenção, consumo (além do normal em algum item)? Preço de seguro, pois moro em condomínio aberto. Inclusive quero evitar modelos como Onix e HB20 que são muito visados por aqui. Manutenção o mais barato possível com facilidade de achar peças. Consumo baixo eu acho importantíssimo nesses tempos de gasolina a preço de ouro... rs. - Existe algum item/opcional indispensável no carro (câmbio automático, ar-condicionado, piloto automático...)? Ar-condicionado com certeza! Piloto automático não faço questão. Câmbio de preferência automático. Descarto o automatizado I-motion da VW, caso eu escolha o Fox vou de manual mesmo. Isso é o que lembro de cabeça, qualquer dúvida podem me perguntar. Desde já agradeço a atenção e paciência de todos! Abraço!
  3. Ambos são do mesmo ano, um é Sedã Compacto e o outro Sedã Médio (sei que não competem entre si, porém estou em dúvida entre esses dois), o consumo do City é muito superior ao do Jetta, porém o conforto e as tecnologias aparentemente não são superiores, mas por outro lado o City é Automático. O Jetta anunciado está 4.000 reais mais caro e tal.. Por isso peço a opinião de vocês. Qual a melhor compra? Vou deixar os links dos carros por aqui, se n puder, me avisem por favor: https://www.compreauto.com.br/carros-caminhonetes/honda/city/2011-2012/19363579 https://www.compreauto.com.br/carros-caminhonetes/volkswagen/jetta/2011-2012/19893964 Agradeço desde já à todos!
  4. VW Up! TSI 2018

    Da escolha: Há pouco mais de 1 mês perdi um carro que foi um divisor de águas na minha vida de entusiasta. Fechado burramente por alguém que convertia da faixa esquerda para uma rua à direita, sem seta nem nada, bati com um Golf Highline 2015/15 TSI DSG7 e o seguro determinou PT. Fiquei triste mas sabia que pra comprar outro teria que desembolsar muita grana e não teria o mesmo produto. Comecei a olhar carros de todos os segmentos até 100 mil. Alguns me agradaram, outros eu nem cogitaria comprar, mas no final das contas não usei nenhum que realmente me agradasse como o Golf ou que valesse a pena pelo custo benefício. Carro no Brasil está caro, muito caro. Um dia, levava minha mãe a uma consulta médica e na volta decidi dar uma parada em uma concessionária da Volkswagen - para olhar um Up! TSI. Eu nem sabia sobre o novo modelo pois estava meio por fora, mas com o convite do vendedor preferi conferir o modelo novo. Gostei do que vi, melhoras consideráveis em relação ao modelo anterior - tudo estético, mas melhor. O excelente vendedor decidiu então me levar pra dar uma volta no carrinho - e que volta! Como havia sido treinado recentemente pela VW, o vendedor me mostrou todo o comportamento dinâmico do carro, com frenagem de emergência, rolamento nas curvas, retomadas, solo digno de superfície lunar, o pacote completo. Fiquei impressionado no banco do carona, enquanto minha mãe estava de olhos arregalados atrás. Na minha vez de dirigir, só pude comprovar tudo aquilo que havia sentido no carona, com a emoção de estar guiando eu mesmo. Me vendeu o carro quase que na hora, mesmo que sem saber. Pude conferir todos os concorrentes, diretos e indiretos. Fiz test drive em alguns, outros já não gostei do acabamento, o Onix eu nem considerei por conta da motorização e insegurança, 208 eu até consideraria se não fosse um Peugeot, e por aí vai. Nada me tirou o pequeno Up! da cabeça. No final da semana, dei um sinal para reservar o carro na semana seguinte - eles tinham o exato modelo que queria em estoque na CSS. Consegui negociar muita coisa e no final, acho que peguei num preço justo a versão Connect com teto em preto ninja, a de lançamento do modelo. Do veículo: Embora não tenha percorrido uma longa distancia com o Up!, acho que nos 330 km feitos até o momento, tenho condições de colocar algumas idéias sobre o que acho do carrinho. A primeira coisa que surpreende no Up! é que embora externamente pequeno, o espaço interno é muito bem aproveitado, sendo possível “sentar atrás de mim mesmo” com bom espaço para os joelhos. O bagageiro é grande para o tamanho do carro, e competente para viagens a 2 tranqüilamente, mesmo que de mala grande. As melhorias visuais do modelo 2018 para os anteriores é significativa, pelo menos ao meu ver. A faixa vermelha na frente, o teto e tampa do porta-malas em preto, a nova lanterna, o interior renovado e as novas rodas fizeram uma grande diferença. Como visual é algo individual, deixo as fotos para julgarem o que acham. Internamente, a versão Connect se diferencia pelo teto e colunas em preto, bem como o restante do acabamento do carro, e já inclui o sistema Composition Phone, a nova multimídia do Up!. Além de bastante intuitiva, com uma conexão muito simples com o celular, existe uma melhoria visual, com tela de alta resolução e colorida. De acessórios tecnológicos, adiciona-se também um sensor de ré com feedback colorido na própria multimidia, bem como tilt-down do retrovisor. Sensor crepuscular e de chuva só no High e Cross. A iluminação interna de todo o painel é feita em branco e vermelho, fica bem legal a noite. Adicionaram um led de fora a fora no painel que dá um visual bem legal. O problema é ainda não ter iluminação dos controles nas portas. O novo volante, com jeito de Golf (mas com couro de qualidade inferior), conta com botões para controle do computador de bordo e som, o que achei muito legal. A parte do painel de instrumentos também é bem visível e com um acabamento mais similar ao Golf (computador de bordo em preto e branco, bem nítido, não mais aquele laranja). Os bancos possuem uma densidade de espuma muito boa, que transmite conforto e firmeza ao condutor e ocupantes, e possuem um desenho diferenciado e tecido de qualidade razoável. O que falta é um ajuste lombar e abas laterais que segurem o corpo nas curvas. Fiquei agarrado em trânsito a semana toda e não senti nenhum tipo de desgaste físico. Um problema em relação ao banco traseiro é que este não é dividido e só é rebatido inteiro - uma falha grave pra mim, que as vezes transporto itens compridos. No geral, no que se refere à qualidade de montagem, o Up! parece muito bem feito. A dupla vedação das portas e o fechamento de som seco me lembrou um pouco do Golf. É um teste que faço com carros - quando bate igual lata é porque geralmente tem uma qualidade inferior. Outro bom sinal é o bom isolamento acústico. Pra começar a falar do comportamento do veículo, vamos ao que tem de melhor a oferecer: o motor 1.0 TSI de 3 cilindros. O desempenho do motor é incrível, e faz o pequeno Up! embalar como um foguetinho. Existe sim um lag até cerca de 2000 rpm, mas daí em diante o motor embala muito bem. Muitos podem até não gostar, mas achei o barulho do 3 cilindros simplesmente lindo - é como um 4 cilindros rouco e mais grave. Um outro excelente componente do veículo é a transmissão manual de 5 marchas, de engates curtos e precisos, mas com relações mais longas que priorizam o consumo eficiente. Na verdade, funciona como um 4 marchas mais quinta em overdrive. No dia a dia as relações mais longas evitam a troca de marchas a todo instante. Um câmbio de 6 marchas conseguiria extrair um pouco mais de performance do carrinho, mas o tornaria menos confortável - é um toma lá, dá cá, mas acho que gostaria das 6 marchas com relação mais curta, afinal sou entusiasta. A impressão que fica do conjunto motor e transmissão é que o Up! tem fôlego a qualquer instante. Realmente surpreende a qualidade do conjunto. Mais interessante ainda, é ver que quando se anda de forma normal, o consumo é muito baixo, até melhor do que de outros 1.0 que já usei. Fiz um trajeto de 55 km, num misto de 70% cidade e 30% estrada, onde atingi uma média de 20 km/l na gasolina. Na cidade, a média fica quase que sempre acima de 14 km/l. Obviamente não saio correndo como um tarado no carro novo. A direção de assistência elétrica muito boa, bem diretinha, mas que filtra um pouco do que se recebe do solo. Em termos de segurança é bom, pois mantém o volante no lugar sem esforços ao passar por solos lunares. O volante de boa pegada ajuda na sensação de prazer ao guiar. No que condiz ao chão, o Up! tem um conjunto de suspensão ligeiramente mais rígido que concorrentes, mas que é infinitamente mais confortável na cidade que meu finado Golf, ou o Mini Cooper S da namorada. Existe um rolamento de carroceria nas curvas, mas provavelmente por culpa do design estreito e alto, com alto centro de gravidade, e não da suspensão. Em termos de freios, o Up! parece competente, mas só pude testar/comprovar de verdade durante o test drive. Ainda sem altas emoções na vida útil do meu! O sistema de ABS com EBD pareceu bastante eficiente para manter o carro na mão e ainda frear de forma eficiente. O Up! realmente é compacto. Na foto, com a traseira alinhada ao fundo de uma vaga para carros médios. No final, posso dizer apenas que estou muito feliz com a minha escolha. O Up! me surpreendeu positivamente em vários aspectos, e pude aceitar sair do Golf um pouco melhor do que com um SUV da moda (que cheguei a considerar). Valeu! Desculpe pelo texto enorme, e parabéns pra quem leu tudo. Se necessário, mais fotos em breve!
  5. Ford Ka, Onix ou UP?

    Bom dia pessoal, tudo certo? Estou em busca do meu primeiro carro e cheguei nesses três modelos. Pretendo pegar um modelo de 2013 pra cima, porém, não 0km. Qual dessas opções vocês me recomendam? Usarei o carro para dar uma volta durante o final de semana e, talvez, para locomoção até o trabalho (30km da minha casa, no máximo). Me falaram que o UP é um carro muito econômico, porém deixa a desejar no conforto, que após um tempo ele fica "batendo tudo". Já o Onix, me falaram que é um carro muito confortável, porém não é nada econômico. E o Ford Ka, me disseram que tem uma manutenção mais cara e peças um pouco mais difíceis de achar. Como não conheço nenhum dos três modelos, gostaria de saber a opinião de vocês. Agradeço desde já.
  6. Olá, Quero fazer uma experiência de comprar um Brasilia e renová-lo todo por dentro, e queria saber se é possível instalar câmbio automático e direção hidráulica nele.
  7. Projeto Polo hatch 2007 - 9N3

    Olá amigos, Tenho um VW Polo Hatch prata 2007, irei postar fotos do projeto que estou fazendo com ele, desde quando eu peguei, e todas modificações que fiz até agora no meu carro, irei sempre estar atualizando esse tópico, mostrando as futuras modificações! Algumas fotos de quando peguei o carro (29/06/2016): Primeiras modificações: 1-Tirar o insulfilm; 2- 1 mês após pegar o carro, levei ele para fazer a pintura dos frisos, retrovisores e maçaneta do porta malas. (as maçanetas das portas eu não mandei pintar, já que tem muitas chances de descascar a pintura, preferi comprar as maçanetas OEM+ já na cor do carro.); 3- Polimento; 4- Limpeza dos faróis e lanternas; 5- Farol de Milha / neblina. Fotos do carro após essas modificações: Na mesma semana que o carro voltou, já comecei a instalação do sistema de som: -DVD Pioneer AVH-X2780BT -Subwoofer Rockford Fosgate P3D2 600wrms 12" -Caixa dutada (que modifiquei para caixa selada) da Explode Box Sound -Modulo Amplificador Soundigital SD700.1D - Cabo de alimentação 16mm Technoise, porta fusível Technoise, cabo RCA blindado. Tirei a moldura central do painel, pois o acabamento emborrachado estava feio: moldura desmontada Após tirar todo emborrachado com tíner, lixado e ter passado Primer Moldura pintada e montada, já com o DVD Pioneer Porta malas após ter feito a instalação do sistema de som. Na semana passada foi feita essas modificações: 1- Conjunto completo da Grade Polo GTi 2-Faróis mascara negra originais É isso ai rsrs espero que gostem da transformação que o carro está tendo !! Próximas modificações: - Trocas todas lampadas por Super Brancas -Trocar toda iluminação interna por lampadas de LED -Trocar volante por um novo original - Roda 17" ou 18", ainda estou na duvida entre essas: Ronal SevenX (Jetta 2.5) 17", Borbet Eight Rex (Golf Limited Edition) 17" ou Volcano Long Beach 18" - Suspensão Fixa
  8. Tenho um Spacefox Trend 12/13, a algum tempo venho ouvindo estalos vindo da parte das rodas, principalmente quando vou esterçar o carro. Já levei na concessionária da Volks e em outras oficinas, mas até hoje o problema não foi solucionado. Alguém já teve esse problema ou sabe de alguém que também tenha?
  9. Foi tornada pública uma vulnerabilidade em vários modelos de automóveis pertencentes ao grupo Volskwagen que permite aos hackers abrir e ligar a ignição. De acordo com o jornal britânico Mirror, o problema está no transmissor Megamos Crypto que codifica a comunicação entre a chave e o veículo, que recorre a uma chave secreta de 96 bits e um PIN de 32 bits. Este sistema tem, aparentemente, falhas que podem ser exploradas da mesma forma como num PC, considerado pelos hackers que descobriram em 2012 esta falha. Na altura, o grupo Volkswagen – do qual fazem parte marcas como a Porsche, Lamborghini, Audi ou Bentley – tentou encobrir o caso referindo que colocaria em causa os automóveis dos milhões de clientes do grupo. Agora, foi acordado entre as duas partes revelar estes dados de forma a tornar a indústria mais consciente dos perigos de não se criar sistemas de segurança mais confiáveis. Fonte: http://www.msn.com/pt-br/carros/servicos-e-manutencao/falha-permite-abrir-carros-da-volkswagen-sem-chave/ar-BBlQM6S?ocid=mailsignoutmd
  10. Vw Transporter T6 2016 (Alemanha)

    Enquanto no Brasil a VW nos reservava uma Kombi da década de 60 que graças à Deus legislação brasileira, saiu de linha por não atender aos novos padrões de segurança de 2014, no país-sede da Volkswagen acaba de surgir a 6° geração, sendo produzida em Hannover. Os pontos-chave que merecem destaque são: * Segurança aprimorada. * Maior conforto e comodidade. * Melhor dinâmica. * Maior economia de combustível. * Preços reduzidos. Segundo reportagem do netcarshow.com, "É a nova geração de um modelo com enorme sucesso: o modelo comercial T da Volkswagen foi o veículo número 1 da Alemanha por décadas. Seus predecessores venderam mais de 2 milhões de unidades pelo mundo durante 11 anos. Durante todos os 65 anos de vida do modelo, cerca de 12 milhões de veículos foram produzidos o que significa que existe 65 anos de experiência com consumidores e 65 anos de soluções de transporte contemporâneo. Cada geração carrega em termos de tecnologia o que há de mais inovador e precisamente está de encontro com as necessidades do mercado." MOTORES: Na série T uma geração completamente nova de motores TDi está sendo lançado no mercado EU6. Internamente é batizada de EA288. Esse motor foi desenvolvido especificamente para o severo nível de requerimentos de um veículo comercial. Longevidade e robuztez foram as prioridades durante o projeto. Os TDi são montados transversalmente e inclinados para frente em 8°. Eles têm uma capacidade cúbica de 1,968 cm3 e entregam 62 kW / 84 cv, 75 kW / 102 cv, 110 kW / 150 cv and 150 kW / 204 cv. A opção à gasolina e semelhante e 2.0 litros. Ela entrega110 kW / 150 cv or 150 kW / 204 cv. Por toda a série os motores possuem uma economia de combustível comparada ao seus predecessores. Todos os motores possuem sistema Stop-Start e atentem aos padrões Euro-5 e Euro-6. Portanto o consumo médio de combustível pôde ser reduzido em média 15%. SEGURANÇA: Através de radar, o 'Front Assist' monitora o veículo (opcional para o Transporter, Multivan and Caravelle; de série no Multivan Business) e reconhece distâncias críticas na frente e ajuda a encurtar os espaços de frenagem. Em situações de risco o sistema alerta o motorista visualmente e sonoramente assim como através de uma leve trepidada no pedal de freio. Com o "adaptive cruise control ('ACC') um sensor mede a distância para o veículo da frente e a velocidade relativa. Em combinação com o DSG, o ACC pode reduzir a velocidade do veículo como em filas de congestionamento de trânsito até uma completa parada. Dependendo da situação o ACC então começa a retomar velocidade após um período pré-definido. Um componente integral do ACC é a função "Freio de Emergência na Cidade" que oferece assistência em baixas velocidades (menos de 30 km/h) e oferece significante segurança aprimorada, especialmente em um tráfego denso. Se o motorista falha ao ver um obstáculo, o sistema automaticamente aplica pressão nos freios e garante que a colisão seja reduzida. Em ordem para minimizar o risco relacionado ao cenário, o "Sistema de Frenagem de Pós-Colisão" é fornecido como equipamento de série na Transporter. Outra opção é o "Light Assist" que atua automaticamente ativado por uma câmera e pode ligar ou desligar o farol principal. O "Driver Alert System" que é padrão nos modelos com display multifuncional, reconhece qualquer desvio do comportamento normal do motorista e recomenda-o a dar uma pausa durante a direção. Durante a jornada o opcional dispositivo de reconhecimento de voz ajuda o motorista a manter o foco na estrada. Sem sequer precisar de mexer a cabeça a voz do motorista pode automaticamente ser amplificada e reproduzida nos alto falantes do sistema. Para todos os veículos com 4 MOTION, o "Hill Descent Assist" é disponível como opcional. Durante a operação de reboque, espabilizadores automáticos de trailer também utilizam componentes do controle de estabilidade do veículo e então contribui significantemente para a segurança durante a direção. Um opcional recomendado em particular para baixas temperaturas e neve é o novo aquecedor de pára brisa que garante uma clara visão. PREÇOS: Preços estão a par do modelo de geração anterior ou um pouco mais barato. Para alguns poucos modelos os preços estão consideravelmente abaixo de suas versões anteriores. O preço base parte de €23,035 (mais adição de taxa para 62-kW TDI/Euro5), enquanto o modelo de entrada para o mundo das Multivans começa em €29,952 para a Multivan Conceptline com 62-kW TDI (incluso taxa adicional para Euro6). O modelo de entrada anterior é substituído pelo aprimorado Trendline ao preço de €34,301 (gross). Fonte: http://www.netcarshow.com/volkswagen/2016-transporter_t6/
  11. Multimidia No Volkswagen Up! ?

    Queria saber se tem Moldura/Console para VW UP! Porque quero instalar uma Multimídia.
  12. Novo Ka Ou Vw Up! ?

    Boa noite, povo! Tenho 18 anos e vou ganhar um carro. Bom, ótimo até o momento que eu não sei qual eu vou escolher em uma faixa de preço até 45.000. Meus pais tiveram alguns problemas com a Nissan, quando tiveram o Sentra, acho que porque aqui em Salvador, existem pouquíssimas concessionárias. Minha mãe também tem muito preconceito com Renault e Peugeot, ela teve um Scenic que dava muito pau e que cheirava a queimado... Então fora o New March 1.6 (que dava pra comprar com esse valor), o Sandero e o 208. Aí parti para os 1.0 tri-cilíndricos. Não gostei do HB20, porque não conseguia ver a rua direito, muito ponto cego. Restaram o up! e o ka. Beleza, fiz teste drive nos dois também. Adorei o painel do ka enquanto achei o do up! "xôxo" para o preço dele. Mas no quesito dirigir, o ka para teste drive não era o SEL (a que eu quero) e, portanto, não tinha regulagem de altura do banco e do volante, me senti meio engolida (tenho 1,63). Já no up! me senti como se estivesse dirigindo mesmo o carro, eu no controle. A direção dos dois é tranquila e o câmbio uma maravilha, o da volks um pouco melhor. Agora, apesar do up ser um pouco melhor para dirigir, peca muito nos recursos tecnológicos e no painel que não tem aquela palheta central pra direcionar o ar-condicionado... Meu uso do carro: Faço medicina, por isso tenho que me despencar para todos os lugares possíveis em Salvador e região metropolitana. Aqui tem muita ladeira, MUITA. E subo uma muito íngreme para ir à faculdade. Não levo bagagem e dou carona, quando dou, a no máximo 2 pessoas. O que vocês me sugerem? Queria a opinião de vocês! Muito grata!!!
  13. Voyage Turbo Forjado Acelerando Forte

    Voyage turbo 1.9 forjado andando com 0.8 de pressão do meu mano, se gostarem do video curta e se inscreva no meu canal, já tem parte 2 andando com 1.0 e vou postar mais videos. >https://www.youtube.com/watch?v=nJJ2fM9ajkI&hd=1
  14. Gol Gti 93

    Opa galera! Resolvi finalmente criar um tópico pra mostrar meu carro, afinal estou devendo desde os tempos da CDR! hehe O carro em questão é um Gol GTi ano 93, na cor Cinza Spectrus. Estamos com ele a uns 11 anos, porém só tenho fotos mais recentes dele. Nesse tempo muita coisa aconteceu, algumas mudanças estéticas, algumas modificações... Em fim, ainda tem alguns detalhes, afinal é um carro com 20 anos de uso, principalmente referente a pintura... Por outro lado ainda continua com a temida injeção analógica Bosch Le-Jetronic, carinhosamente apelidada de "Injeção burra" pelos mexânicos Brasil à fora... De burra ela não tem nada, e sim os mecânicos, que se desesperam ao ver que NÃO tem como passar o Scanner! haha Vamos as fotos: Uma mais antiguinha, de 2007 Aqui ele com as rodas do GTI 16v E aqui uma mais recente, tirada esse final de semana: Quero ver se tiro mais algumas, melhores e com mais detalhes... Ultimamente o tempo nao tem ajudado muito por aqui, hehe
×