KnoX

Moderadores
  • Total de itens

    8.336
  • Registro em

  • Última visita

Sobre KnoX

  • Rank
    Juan Manuel Fangio
  • Data de Nascimento 17-08-1990

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Local
    M.C.Rondon - PR - Brasil

Seu Carro

  • Fabricante
    Audi
  • Modelo
    A3
  • Versão
    Turbo 180cv MT
  • Cor
    Prata
  • Ano/Modelo
    2002/2003

Últimos Visitantes

415 visualizações
  1. Média na bomba ou no pc de bordo?
  2. A nova geração da Série 3 ficou BEM menos dura que a E90. Inclusive muita gente diz que os jogo se inverteu: antigamente BMW era um kart e Mercedes era conforto, agora as Mercedes estão mais duras e as BMW estão bem mais confortáveis. Nada de óbvio não. A manutenção das BMW diminuiu muito com a implantação da fábrica no Brasil e aumento das vendas. Se estivesse comparando com um Focus até era fácil deduzir que é mais barata, mas comparando com o Fusion que é o sedã de luxo da Ford, as manutenções podem surpreender muita gente. Claro, vai depender também do que precisa ser feito na "manutenção", mas as revisões básicas tem valores próximos.
  3. Olá amigo. Recomendo que invés de gastar dinheiro com alguns kits de várias chaves, investigue antes quais são as principais chaves utilizadas em seu veículo. Digo isso por que hoje em dia cada vez mais as montadoras padronizam os tamanhos de parafusos (e consequentemente das chaves) nas montagens dos veículos, afim de simplificar o processo da linha de montagem e etc. Por exemplo, meu carro se bem me lembro precisa apenas de uma chave 10, 14, uma chave philips e um par de chaves torx (6 e 8mm se não me engano) para desmontar quase tudo que tem nele (tirando desmontagem do motor propriamente dito). Com essas chaves desmonto acabamentos internos, toda a frente, faróis, filtros, conexões de admissão, pressurização, linha de água, etc. Sugiro que você comece procurando quais os procedimentos você irá realmente querer efetuar em casa e compre as ferramentas necessárias para eles. Por exemplo, ali você colocou um kit de soquetes bem completo onde alguns você dificilmente irá usar, enquanto não vi na relação uma chave para soltar bujão e efetuar uma troca de óleo.
  4. Nada mais natural já que o Smart é um micro-Mercedes. Problema é aguentar manutenção de Classe C por "meio-Ka", ainda mais na terra onde se compra carro por metro.
  5. É, pequenas falhas, nada que incomode muuuito, mas se você é detalhista acaba reparando e sabe que não ficou 100%. Tipo isso aqui:
  6. Esse problema do forro em A3 e Golf é certo, ou vai acontecer ou já aconteceu. O meu já peguei com o forro restaurado pelo antigo dono, descolou na mão dele, agora tá 100%. Aliás, 100% não pq ele mandou fazer num lugar que não capricharam muito, digamos que tá uns 80~90%, recomendo procurar um lugar com boas referências e que faz um serviço de qualidade, pq se fizer cagado é bucha.
  7. "Geometria" pode ter sido um desempeno total da suspensão, cambagem, caster, alinhamento e etc. Pro Civic dos meus pais que estava só com uma puxada chata pra direita já recebi orçamento de 400 reais pra fazer a geometria. Muitos carros não possuem ajuste de cambagem e cáster (especialmente na traseira) ou não com a margem suficiente pra arrumar algum problema, especialmente quando foi causado por uma pancada numa cratera por exemplo, pra regular é preciso literalmente meter uma espécie de macaco hidráulico/prensa hidráulica e "empenar" a suspensão pro lado certo.
  8. http://www.webmotors.com.br/comprar/toyota/corolla/1-6-xli-16v-gasolina-4p-automatico/4-portas/2004-2005/18070909 Olha o volante. Airbag só se foi como opcional, pois de série não tinha.
  9. 30mil pra cima? Só se o cara fumou pedra. Essa é a versão mais pelada do Corolla, única dessa geração com motor 1.6, feita focada no valor mínimo pra pegar o pessoal PNE, esse carro saiu com roda de ferro e calotas, não tem nem airbag duplo. Por 30mil se compra New Civic 2007 LXS automático, ou um Corolla dessa geração aí mas SE-G, o mais completo da linha.
  10. Ao que indica seu relato você chegou com um carro cuja manutenção da suspensão foi totalmente negligenciada por muito tempo, chegou lá com a suspensão completamente moída. Como você mesma disse, carro trepidava, cantava pneu em velocidade baixa, puxava direção e tava com pneu no arame. Esse é um mal comum do brasileiro, não faz nenhuma manutenção preventiva, a hora que leva na oficina por que a coisa tá "só o pó" leva susto com a conta.
  11. Lanpenn, vai ser a última vez que vou lhe escrever um textão com críticas e dicas, veja se agora você entende as coisas. Se ainda sim não entender (como tem demonstrado até agora que não entendeu nenhuma dica/crítica de ninguém, pois continua igual) sinto muito, mas você está extrapolando os limites da teimosia e adentrando os limites da burrice. Primeiramente, não gosto de "carteirada" mas aqui vou deixar um pouco do meu currículo antes que você se pergunte "quem esse cara pensa que é". Sou engenheiro químico, tenho 26 anos, dos quais dois foram "gastos" trabalhando numa fábrica de tintas automotivas como químico desenvolvedor e coordenador de produção, mais de 12 anos de fóruns de carros, dirijo há pelo menos 13 anos, já passei da marca dos 100 carros diferentes guiados (com folga), além de caminhões, tratores, motos, enfim, muita coisa com motor já passou na minha mão e nem todos tinham necessariamente rodas e pneus. Com certeza já passei dos 100mil km rodados ao volante (só no meu carro atual que não fechou 3 anos comigo já passou dos 50mil km), desde o caótico trânsito do Paraguai até viagens de 20h na boléia passando por serras e íngrimes estradas de chão de Santa Catarina, parando só para as necessidades fisiológicas. Filho de mecânico, já montei motores, caixas, diferenciais, a manutenção básica dos meus carros sou eu que faço. Já passei dos 230 km/h, já bati o carro, já dei cavalo de pau, já fiz curva de lado. Já escrevi avaliações de carros que foram muito bem recebidas pelo pessoal do fórum. Não sou profissional de jornalismo automotivo, mas pode ter certeza que não sou um zé ruela que não sabe de nada. Sobre a grosseria, não sei onde você viu isso. É preciso saber diferenciar grosseria de um sincero comentário áspero. O que eu lhe falei foi algo informal, mas com uma mensagem bem simples e direta. De que me adianta escrever como um Machado de Assis se vou redigir parágrafos e parágrafos sem conteúdo relevante? Isso aqui ainda é um fórum, não uma audiência com juiz onde existe um decoro a ser seguido. Já passou da hora de você entender isso. Você comentou há pouco que iria reavaliar e aceitar melhor as críticas, bem, não é isso que se vê, uma vez que só pela minha postagem novamente mandando você adquirir mais experiência já te deixou "ofendido" a ponto de querer "cortar relações" com a minha pessoa. Da mesma forma a reação do meu dislike. Você pode se perguntar por que eu dei dislike na sua "avaliação de atendimento" enquanto tanta postagem lixo e vazia de outros membros permanece intacta. Pois bem, você já deixou claro que quer escrever textos e avaliações, quer ser uma espécie de jornalista automotivo. Acho muito boa essa ambição, mas se é essa sua intenção é assim que vou avaliar suas postagens. Quem posta baboseira vazia aqui é só um usuário de fórum, mas você quer ser jornalista, escrever avaliações e artigos, o meu olhar sobre suas postagens será mais crítico, não tem vista grossa. Uma coisa que você deve estar preparado nesse ramo é para receber críticas e até mesmo ofensas. Bob Sharp já rendeu tópicos de gente malhando o cara quando ele considerou que ABS e airbags eram itens dispensáveis num carro, Car.blog é a eterna piada aqui no fórum. E aí, você vai surtar toda vez que alguém te criticar? Vai ser como o Eder do Notícias Automotivas que quando alguém comenta algo questionando/criticando ele vai pessoalmente nos comentários xingar e esculachar o leitor? Colega, se quer lutar UFC entra no octógono, mas se prepara pra levar porrada e, como diz o ditado, se não aguenta bebe leite. Aí estou eu com meu olhar crítico e me deparo com o post de um aspirante a jornalista automotivo falando de atendimento de concessionárias, mas mais da metade da postagem é sobre seu vício em café e sua vontade de trabalhar como vendedor de carros. Me poupa né? Atendimento é algo que num pau brabo deveria alcançar 20% do conteúdo de uma avaliação. Se fosse um usuário qualquer passava batido, mas é alguém que já disse com todas as letras que quer escrever artigos e avaliações, então a coisa é mais séria. Dou dislike mesmo, a postagem foi fraca, a avaliação foi ruim, carregada de informações que pouco me importam, de conteúdo mesmo foi muito pouco. Continuando, sobre a crítica ao seu "teste" da lombada, uma coisa que você poderá observar em qualquer avaliação séria, seja em blog, revista ou até mesmo nas minhas humildes avaliações (se quiser dar uma olhada aqui, aqui e aqui estão algumas delas) sempre deve-se COMPARAR O COMPARÁVEL. Você mesmo apontou que existe muita diferença entre o motor do meu A3 e o do Up!, mas me diga, e o motor do seu Corsa, o que tem a ver com o do Up! TSI? Um carro com projeto dos anos 90, motor aspirado, 8 válvulas, injeção multiponto. Seu teste da lombada foi completamente nonsense, tanto que sequer fui eu o primeiro a criticar, é algo que salta aos olhos de qualquer um que tenha um mínimo de noção de carros, mas de forma negativa. Quer comparar? Puxa o Ka 1.5, 208, HB20, Gol, Fox, Punto, New Fiesta, qualquer coisa do mesmo gênero, tempo e valor próximo. Aí ainda temos outra parte que já foi criticada em você, mas parece que não surtiu efeito: humildade, cadê? "Conheço muito bem o Corsa e dirijo muito bem". E qual sua base de comparação? Teu amigo que não sabe nem a diferença entre radiador de água e radiador de ar-condicionado? A última coisa que você vai ver um avaliador sério falar é que ele "sabe dirigir muito bem". Outros falarão isso por ele, mas ele mesmo só irá dizer isso se for muito arrogante. Sua avaliação do Up! como um todo deixa muito a desejar. Sabe o que se aproveita dela? O comentário da posição de dirigir, do motor silencioso em baixa e dos engates do câmbio. O resto foi mais uma crítica ao atendimento, o teste sem-noção da lombada e o conta-giros pequeno. E o desempenho? E a visibilidade? Facilidade para estacionar (pois estamos falando de um urbanóide)? Ruído de rodagem? Ruído de vento? Ar-condicionado? Comodidades e conforto? Suspensão? Freios? Aspereza do motor em alto giro? Ronco do motor em alto giro? Itens de segurança? Acabamento? Materiais? Espaço interno? Cadê? Novamente reitero: se fosse qualquer um falando, ok, de boa. Mas se é alguém que quer virar jornalista/blogueiro automotivo não dá pra fazer vista grossa, a crítica vem mesmo. Faltou muita coisa que se pode avaliar até mesmo com o carro parado. Se quiser continuar "sem me responder", ok, direito seu, mas observe bem as postagens dos outros membros com relação aos seus posts e avaliações. Sou só eu que pego no pé? Tem uma legião te aplaudindo e só eu "tô de birra"? Observe. Leia. Escute. Aprenda.
  12. Depois que BMW, Audi e Mercedes gastaram uns bons milhões pra botar fábricas aqui os caras querem derrubar o imposto?
  13. Já deu o que tinha que dar mesmo. Trancado. Se o autor tiver interesse em dar uma resposta, me comunique por MP que eu destranco o tópico.
  14. Tem o fato também de que seu carro é aspirado. Em carros turbo em rotação muito baixa, antes da turbina sequer pensar em se mexer, ele fica ainda mais manco que um aspirado pois a turbina "morta" funciona como um bloqueio do escapamento. Então não só o rapaz tentou passar uma lombada com um 1.nada em quarta marcha, mas ele tentou passar uma lombada com um 1.0 "entupido" em quarta marcha, torque dele nessa faixa deve ser semelhante ao de uma CG Titan. A3 é extremamente irritante por conta disso, arrancar em subida com AC ligado é um saco, se vc subir muito o giro ele sai patinando, se vc não sobe o giro o conjunto AC+turbina morta faz o motor morrer, leva um tempo até pegar o jeito da embreagem, logo que comprei o carro levei quase 1 semana pra parar de apagar com certa facilidade.
  15. Você pegou um 1.0, com turbo, e tentou passar lombada em quarta marcha? Pqp tu recém tirou a carteira mesmo. Meu A3 1.8T eu não passo lombada acima de segunda, vai aprender a dirigir direito antes de querer testar carro!