PHAER

Placa Preta
  • Total de itens

    4.734
  • Registro em

  • Última visita

Sobre PHAER

  • Rank
    Jeremy Clarkson
  • Data de Nascimento 21-09-1985

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Local
    BHZ/PNZ

Últimos Visitantes

452 visualizações
  1. Fantástico ponto de vista!
  2. Comprando semi novo é difícil de achar um pacote como o C4L THP AT. O Fluence CVT também é uma ótima opção, apesar de não ter o mesmo desempenho do C4L thp
  3. O Ka mesmo 1.0 é muito esperto mesmo, mas o "anda mais que o 1.4 antigo da Fiat" é parcialmente verdadeiro, porque só é verdade em alta rpm. Em baixa, o 1.4 tem muito mais torque, é mais esperto na cidade. Considerando os pontos que o colega colocou: 0 Km, 45 mil reais, eu ficaria entre: - HB20 (bom espaço, bom conforto, bom acabamento, desempenho e consumo decentes. Negativo é a suspensão traseira com curso curto e a garantia "com muitas exceções") - Ka (bom espaço, conforto razoável, bom comportamento dinâmico e desempenho, consumo razoável. Gostoso de dirigir. Negativo é o pós venda Ford) - Etios 1.3 (Não gosto da direção, do comportamento dinâmico e do visual interno e externo. Mas tem bom espaço, desempenho acima de 1.0, consumo razoável e revenda toyota) - Up (Não gosto do visual, do comportamento dinâmico e de so ter espaço bom na frente. Mas tem o melhor consumo, bom desempenho em todos e talvez dê pra pegar o TSI nesse preço, tendo aí desempenho incomparável nessa faixa de preço). Aí é definir bem as suas prioridades, e procurara melhor oferta.
  4. Se você rodar muuuito, vai ser sempre um bom custo-benefício, porque é muito econômico. Mas se não for o caso de rodar tanto, dependendo do preço cobrado, eu não acho o melhor custo benefício. Pode-se achar carros que por preço próximo oferecem mais conforto, espaço, equipamento, comportamento dinâmico, etc. Aí é definir quais são as prioridades pra você.
  5. Sim, dependendo da prioridade e do que se busca no carro, pode ser uma boa compra mesmo.
  6. O Focus é mais carro, te entrega mais conforto, mais comportamento dinâmico e mais segurança como um médio. Manutenção com certeza é mais cara que a do Polo, mas tem chance do seguro ser mais barato do que o Polo. O Polo é mais duro, menos confortável, não tem o rodar do Focus principalmente na estrada, mas ainda é um compacto muito decente até hoje, me atenderia bem também. Aí é uma questão de prioridade. Faça uma cotação de seguro, veja se a diferença de seguro compensa uma parte da diferença de manutenção, que com certeza vai ser mais barata no Polo e faça sua escolha. Agora, se você realmente gosta muito de VW e honestamente prefere o Polo independente de qualquer coisa, não brigue com isso heheheheh
  7. O Cobalt é uma opção baseada num carro de projeto mais simples, como o Prisma, mas "inchado" pra oferecer espaço de um médio pra uma família, mas ficando atrás dos médios em refinamento mecânico e tecnologia.
  8. Parabens e boa sorte com o carro!!
  9. Na conjuntura atual, eu diria que o Prisma é o compacto, o Cobalt é o compacto inchado e o Cruze é o médio mesmo. kkkkk
  10. É um carro bom, gostoso de dirigir, com um interior bem mais legal do que um Sandero, também é robusto e tem manutenção barata. O negativo é andar pouca coisa mais que um 1.0, e consumir como um 1.6. Vai fazer 9 km/l na cidade e 13 na estrada a 120 km/h.
  11. Pra mim nenhum dos dois nunca valeram o que custam, nem novos nem usados. São dois carros inexistentes pra mim. A exceção, claro, é se encontrar uma oportunidade fora do padrão, com bons preços. Aí se vai ter a vantagem da revenda fácil depois. Seria a única vantagem real pra mim.
  12. Pesquise mais pra saber quanto é realmente um preço de venda que pode ser considerado "baixo" pro carro. Aí sim você pode ter certeza de que o desconto que eles estão dando é realmente de 9 mil. Tem muita concessionária que parte de um preço base muito alto, pra oferecer ao cliente no preço "normal", mas dar a impressão de que está dando um desconto gigante! Caso realmente esteja 9 mil abaixo dos preços bons praticados no mercado, eu acho que vale a pena! Mas tem que ficar ligado!
  13. Mas o Fiasa era muito confiável (não descuidando da correia dentada). Eu tinha entendido que 8500 era realmente o máximo que o colega falou. Se nesse valor já pega um fire bem conservado, melhor ainda...
  14. O que eu estou vendo no Cruze é que melhorou em todos os aspectos e notadamente no desempenho e consumo. Está andando parelho com o Golf 1.4 TSi que era a referência do segmento até então, e dependendo do negócio, oferece mais conteúdo pelo mesmo preço. Antes era um carro que dificilmente eu compraria frente a concorrência. Agora, eu teria um Cruze mais fácil do que o Focus, que tem excelente conjunto, mas um câmbio difícil de confiar. Mais fácil que o Golf, que continua bom, mas está muito mais caro, piorou mecanicamente (perdeu a multilink atrás e eu acho o tiptronic bem medíocre) e tem seguro caríssimo. Também mais fácil do que o 308 thp, que é ótimo, mas pra comprar zero km é o que mais desvaloriza. E por fim, também mais fácil que o Bravo T-jet, que é livre de defeitos crônicos, tem câmbio manual (minha preferência), mas já está obsoleto.